Eventos da Fatec Jales, II SITEF - Simpósio de Tecnologia da Fatec Jales (v.2, n.1, 2018)

Tamanho da fonte: 
A IMPORTANCIA DAS FERRAMENTAS DE PERICIA FORENSE COMPUTACIONAL NA INVESTIGAÇÃO DE CRIMES QUE ENVOLVAM DISPOSITIVOS MÓVEIS COM ANDROID
Lucas Henrique Siliano Ricco, Rogério Leão Santos de Oliveira

Última alteração: 2018-07-31

Resumo


O objetivo deste trabalho é fazer uma análise das ferramentas especificas para perícia forense em dispositivos móveis que utilizam como sistema operacional o Android. A perícia é a análise técnica de uma situação, fato ou estado redigida por um especialista numa determinada disciplina, o perito. O Código de Processo Penal Brasileiro (CPP), entre o artigo 158 e o artigo 184, normatiza o processo pericial e dispõe inclusive, que o juiz poderá nomear um perito para o esclarecimento de fatos científicos relevantes ao caso em julgamento. Além de notório saber em alguma área específica, para ser perito é necessário ter formação em curso de nível superior. Na atualidade, o uso de celulares do tipo smartphone está cada vez maior, sendo, portanto, muito comum que informações e vestígios de crimes possam ser encontrados nestes aparelhos. Para a execução de pericias nestes celulares, são necessárias ferramentas adequadas e por isso este estudo apresenta a análise de três softwares: o Cellebrite UFED Touch, o MOBILedit Forensic Express e o Santoku Linux. Por fim, além de explicações relevantes sobre os procedimentos periciais em dispositivos moveis, serão expostas características, vantagens e desvantagens de cada ferramenta abordada.